+55 (83) 3031-0055 De Segunda a Sexta das 9:00h às 19:30h

Preenchimento com Ácido Hialurônico

A boca é uma estrutura que se destaca na face do individuo, é considerada uma região muito sensual e vem daí a necessidade das pessoas desejarem uma boca bonita, bem desenhada, hidratada.  Não é a toa que as mulheres, já desde a antiguidade gostam de usar batom e destacar a boca. O ácido hialurônico proporciona um lábio exuberante sem deixar de ter um aspecto natural.

O preenchimento com ácido hialurônico devolve o volume, contorno e hidratação da boca e da face. Com a idade o rosto deixa de ter o formato de triangulo invertido e passa a ter a base mais larga, como se o rosto fosse “derretendo” com o passar dos anos, que é a migração dos coxins de gordura de um plano mais elevado para um plano mais baixo. Com o ácido hialurônico é possível reposicionar ou disfarçar este aspecto de “face derretida”.

Vale destacar que tal material é uma substância que existe no corpo humano, nas células, nos tecidos e órgãos do corpo humano, tal como pele e articulações.

O preenchimento com ácido hialurônico é coadjuvante no tratamento das deformidades dento faciais. Estas podem ocorrer quando a pessoa tem perda de tecido que ocasionam alterações estéticas, ou seja, os sulcos de expressão ficam muito evidentes, podendo ser decorrentes da perda precoce de dentes.

As deformidades também podem decorrer do envelhecimento natural do individuo, da genética, da má alimentação, de doenças autoimunes, da perda de peso, da mastigação unilateral, de paralisias faciais, ou de má formação entre outros fatores. Desta forma,  o ácido hialurônico ajuda a preencher as estruturas perdidas, e também a suavizar as rugas e  imperfeições,  proporcionando um aspecto mais simétrico e mais jovial.

O ácido pode ser aplicado na face, lábio, rugas, olheiras, na face, no ângulo da mandíbula, no mento, na região dos malares, das têmporas, nariz, sulcos,  etc. Além disso, tem aplicação nas articulações, para lubrificar o espaço articular, especialmente a articulação temporomandibular. Outra vantagem é no uso de próteses e diminuição da quantidade de acrílico, afinal o ácido concede mais sustentação labial e facial para o paciente.

O ácido também pode ser usado para retardar o envelhecimento. Os benefícios são os resultados de um rosto harmônico e a aparência mais jovial.

É natural que com o tempo as pessoas percam colágeno e apareçam as rugas de expressão. A aplicação desta substância auxilia amplamente na parte estética, com resultado satisfatório e natural. Além disso, ele também pode ser usado no preenchimento labial, volumizando, dando o contorno ou apenas hidratando o lábio. As rugas periorais chamadas de “código de barras”, frequentemente observadas em pessoas fumantes ou envelhecidas são suavizadas com o ácido hialurônico.

Portanto, desde deformidades graves até aspectos estéticos mais finos podem ser tratados com preenchimento de ácido hialurônico. Logicamente que apenas um profissional qualificado pode fazer a aplicação dessa substancia com os devidos cuidados e conhecimentos.

Há quem confunda o ácido hialurônico com a famosa toxina botulínica, mas não são a mesma coisa. A toxina botulínica desacelera a ação muscular da face, já o ácido hialurônico é usado para preencher e dar volume na pele. Ele pode durar de um ano a um ano e meio para só então necessitar outra aplicação, mas nada impede de fazer outro preenchimento antes de um ano. Enquanto a toxina botulínica (Ex. Botox, Xeomin) precisa ser reaplicada no máximo a cada seis meses, e é recomendado respeitar o prazo de pelo menos 3 meses entre as aplicações da toxina botulínica, vai depender de cada paciente, do motivo da aplicação, e de outros fatores que justifiquem uma aplicação mais frequente.

Agendar Consulta
Vamos Conversar?