+55 (83) 3031-0055 De Segunda a Sexta das 9:00h às 19:30h

Toxina botulínica

Botox é o nome comercial e mais utilizado para denominar a toxina botulínica, reconhecida por ser utilizada em tratamentos estéticos faciais. Ainda existem muitos mitos ao redor desse procedimento e algumas dúvidas a respeito de como ele funciona e quando é indicado. Chegou a hora de esclarecer tudo isso!

A toxina botulínica é uma substância produzida por um micro-organismo, a bactéria Clostridium botulinum. Para ser utilizada como medicamento, essa produção é controlada e, posteriormente, a toxina passa por um processo de isolamento e purificação.

Além do Botox, a toxina é encontrada no meio comercial também com outros nomes, como Xeomin ,Dysport e Botulift.

Como age essa toxina?

No local em que ela é aplicada, ela atua como um bloqueador neuromuscular. Na prática, isso significa que ela impede que as células nervosas (neurônios) transmitam estímulos para os músculos. Por consequência, esses músculos não serão contraídos e as rugas e linhas de expressão não vão se formar.

A toxina botulínica é comumente utilizada para fins terapêuticos e estéticos.  Na prática odontológica utilizamos para fins terapêuticos para quem sofre de enxaquecas devido a tensões neuromusculares, para quem tem apertamento dental e/ou bruxismo, pessoas que irão se submeter a instalação de implantes com carga imediata, para não ter risco de sobrecarregar os implantes com a força mastigatória, entre outros.

Para fins estéticos nos casos de sorriso gengival, nas pessoas que apresentam hipermobilidade do músculo que levanta o lábio superior e acabam mostrando muito a gengiva, e para diminuir rugas na face.

A toxina botulínica pode ser aplicada com fins preventivos, a partir dos 25 anos de idade, ou como reparação. Nesse segundo caso, pessoas que já têm rugas se submetem ao procedimento para tirar a tensão dos músculos e amenizar os sinais.

Os efeitos que resultam da aplicação do Botox são temporários, porque depois de certo tempo, o próprio organismo procura outras formas de transmitir os estímulos dos neurônios para os músculos, que voltam a se contrair. O tempo que leva para isso acontecer depende de cada pessoa, mas recomenda-se um intervalo de, pelo menos, quatro meses entre as aplicações, sugerimos que seja um intervalo de seis meses.

O único pré-requisito é que o paciente tenha pelo menos 25 anos. O Botox é contraindicado para quem tem alergia a algum dos componentes da fórmula ou para gestantes.

É muito importante que a aplicação da substância seja realizada por profissionais especializados, que não coloquem em risco a saúde do paciente e nem a sua estética.

Atualmente, odontologistas são autorizados a realizar a aplicação da toxina botulínica, desde que em conformidade com a legislação competente. Na Clínica Odontogalerie, esse serviço é realizado, entrando no portfólio de estética facial e terapêutico. Profissionais capacitados, cuidadosos e comprometidos com a satisfação dos pacientes. Agende uma consulta para saber mais.

Agendar Consulta